quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Natal dos excluidos

Época de Natal, tempo de exclusão para muitas pessoas.Para as pessoas que moram nas ruas, quem já não tem  mais família, quem vive fora do seu país, pessoas que moram em regiões longe dos parentes, o Natal acaba sendo uma festa triste. Natal hoje virou simbolo do capitalismo, só quem tem dinheiro comemora com festas e com mesa repleta. As pessoas perderam a noção do que realmente significa o Natal, tudo acabou virando um desespero de consumo nojento e se esqueceram, que Jesus veio ao mundo para distribuir amor ao próximo. Hoje é muito comum as famílias se reunirem para comemorar o Natal, só os membros da família, eles esquecem que nem todo mundo tem esse privilégio. Tem pessoas que chegam a oferecer na maior cara de pau  "... se você quiser passar  o Natal lá em casa, o preço é X..." nem todo mundo tem dinheiro, muitas das vezes a pessoa só quer companhia, sentir o Espirito Natalino junto de uma família. Até quando o ser humano vai ser tão egoísta assim. Quando eu era criança, a gente não tinha muita coisa, era tudo simples, mas quem chegasse na casa de meus pais, se servia á vontade, não tinha  preço, meu pai ficava tão satisfeito de ver as pessoas saboreando aquela comidinha simples, mas com amor. Hoje  cada um na sua casa, com sua rica ceia e foda-se quem não tem uma família, dinheiro ou um lar. Ontem dia 24 de Dezembro uma amiga, cuja a família está fora do país comentou "... as pessoas olham para gente com cara de superioridade, porque tem uma família reunida, a gente se sente excluída como se tivesse uma doença contagiosa...." Eu ouvindo isso fiquei ainda mais triste, pois também faço parte dos excluídos, sem família.  A podridão do ser humano, não tem limite, até diante do nascimento do Criador da Humanidade, se sentem superior, esquecem que estamos aqui só de passagem, a vida é muito curta, quem hoje ostenta poder, dinheiro, amanhã poderá não estar mais aqui. A morte é democrática para  todo mundo, todo poder, orgulho não vai servir para nada. Se amamos Deus e os irmãos, caminhamos na luz, mas se nosso coração se fecha, se prevalecem o orgulho, a busca do interesse próprio,ficamos longe de Deus, isso deveria ser lembrado por aqueles que se sentiram superior com suas mesas  fartas e muitos presentes. A vida não tem retorno, nossa passagem aqui é muito curta, portando todo orgulho e poder, não levará a lugar nenhum .