quarta-feira, 13 de abril de 2011

Justificativa para a violência

Vendo os noticiários da televisão nesses dias de violência, sinto triste diante de tanta brutalidade. Uma semana depois, ainda ouço os comentários mais absurdos  a respeito do crime na escola no Rio de Janeiro. Todos que um dia freqüentou uma escola, participou de uma brincadeira, riu de um colega, pôs apelidos e nem por isso saímos matando criança inocente por ai. Tem muito comentário a respeito do "bulling" que o maluco que queria ter seu dia de terrorista, sofreu quando criança. Mas eu não aceito que isso seja motivo para sair matando crianças inocentes. Gente, criança é criança, brincadeira que até alguns anos atrás era normal. Quem tem seus cinqüenta anos sabe que estou falando, todo mundo tinha um colega que era "o cristo" da turma. As brincadeiras com maldade ou não faziam parte do imaginário infantil e todos conviviam com elas. Hoje a criança não tem segurança na escola, não pode rir do seu colega, por apelidos, pois este poderá ser um assassino no futuro, porque sofreu maldade dos amigos quando criança. Vendo por essa perspectiva o mundo perdeu a graça. As crianças não podem mais rir, brincar com seus colegas, pois podem criar um psicopata com instintos assassinos. Alguns anos atrás, as crianças brigavam, apanhavam e no outro dia estavam lá jogando futebol com seus amigos como nada tivesse acontecido, não havia no seu íntimo, o instinto de vingança, tudo era resolvido ali no momento. Mas hoje tudo tem uma explicação, nem sempre lógica. Ouvia também que a internet é culpada pelo crime, absurdo isso, pois tem milhões de pessoas que usam internet e são normais. Se os loucos sanguinários estão soltos por ai, vamos sempre ter crimes violentos com este, mas sempre vai ter uma justificativa absurda. Outro absurdo que ouvi, que o assassino não tinha família, por isso tinha problemas mentais, e desde quando o fato de não ter uma família é motivo para praticar crimes. Quantos pessoas perderam famílias inteiras na segunda guerra mundial em guetos judeus e foram pessoas normais. Na guerra na Bósnia, milhões de crianças ficaram órfãs. Não serão assassinos ou terroristas por esse motivo. As pessoas se esquecem que a família não é só de sangue, no decorrer da vida, criamos nossos laços com outras pessoas que tormam nosssa família de coração. Os tempos de escola antigamente eram lembrados com saudades e não com mágoas como se trata hoje, as crianças brigavam entre si, mas acabava tudo bem. O mundo ficou embrutecido, hoje tudo é violento, a amor deixou de ser o elo entre os seres humanos. Cada um com seu conceito de vida própria e com isso matamos o amor. A vida não vale mais nada, se mata por banalidade, criamos uma geração violenta. Diante dessa violência, tentam justificar a brutalidade humana com teorias sem lógicas diante da morte.  



7 comentários:

  1. Eu concordo com você, em épocas passadas as crianças resolviam sua diferenças entre elas. Esse "bundão" ai que cometeu esses crimes na escola no Rio, usou isso como desculpa. Ele era um "Zè ninguém" que nunca fez algo para ser uma pessoa melhor. Só havia nele ideais de um assassino.Ele queria ir para história como um terrorista. Aquelas pobres crianças que não tinham nada com a história da infância dele pagaram com a vida. Se ele tivesse sobrevivido garanto que tinha alguém dos Direito Humanos para defendê-lo. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Concordo! O "bundão" teria um monte de Direitos para defendê-lo. Pena desse cara!!!! Ele tinha família sim, tinha irmãos de crianção, sobrinhos, poderia ter criado vínculos. Um cara que ficou a vida toda planejando um crime brutal como este e ainda tentam justificar!!!! porque o idiota sofreu bulling quando estudou nessas escola. Eu não aceito isso como justificativa, porque esse idiota não se vingou de quem o maltratou e não das pobres crianças. Tinha que ter pena de morte para casos assim. As crianças perderam a vida por nada, famílias ficaram para sempre feridas essa é a realidade.

    ResponderExcluir
  3. Em nome do bulling muitos marginais irão se aproveitar disso .
    A meu ver esse monstro deixou para traz uma dolorosa lista de inocentes mortos ,e, mais uma lista de marginal querendo seguir o maldito exemplo que ele deixou.
    Hoje todo cuidado vai ser pouco nossas crianças precisam de mais proteção nas escolas .
    O fato de ter um dia estudado em uma escola não poderia ter passagem livre.
    Sempre precisa acontecer uma tragédia para colocar mais segurança .
    È facil para mim criticar dificil será de tantas mães esquecer .
    Hoje nada paga e nem apaga a dor dessas familiares.
    Sinto pelo desabafo estou pela primeira vez no seu blog peço desculpas .
    Eu cheguei até aqui atravez do blog do querido,Everson.
    beijos meus ,Evanir,
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Tem muita desculpa que não justifica a cruedade desse monstro.Na minha opinião ele era um homicída convicto de sua ação, pois planejou detalhes dos crimes. Ele fez tudo de caso pensado e planejado de maneira que nada fosse dar errado e ainda falam que ele é louco. Tenho pessoas na família com problemas mentais que são incapzes de matar uma mosca. Ele tinha uma índole do mal.Quem é capaz de matar criança nunca teve um pensamento do bem.Assassino convicto, nada muda minha opinião. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Como temos a mania de copiar as coisa ruins de fora, temos ai um exemplo trágico. Crianças vítimas de um louco que queria ter seu dia de terrorista.Desde que o mundo é mundo, crianças estudam e convivem com outras e tudo era resolvido com uns "tapas" entre eles, hoje temos o bulling, tem que ter cuidados para não ser exemplo de outras mortes. Vamos ter essa marca triste na nossa história.Toda vez que acontecer atos suícidas em qualquer lugar, temos que ficar atentos, pois pode acontecer aqui. Estamos criando uma geração de loucos homicídas mundo a fora

    ResponderExcluir
  6. Eu não chamo esse monstro de louco, covarde o que ele era, matar crianças que estavam ali estudando para ter um mundo melhor, é ato de pura covardia.Hoje minha filha de 12 anos chora todos os dias com medo de ir para a escola e acontecer o que aconteceu no Rio de Janeiro.Ele não tinha que entrar naquela escola, faltou segurança e quem pagou foram 12 anjinhos que perderam a vida brutalmente.Bj

    ResponderExcluir
  7. Não tem nada que justifique esse ato de terror. Aconteceu ai uma série de erros, como pode qualquer pessoa frequentar corredores das salas de aulas, onde devia ser somentes alunos e funcionários da escola.Esse monstro destruiu famílas inteiras. Vamos parar de colocar o bulling como responsável, ele sabia o que estava fazendo sim. Era um suicida convicto de seus atos. Beijos Frida

    ResponderExcluir

Todos os comentários são muito bem vindos. Comentários com conteúdo racista ou preconceituosos não serão aceitos. Gostaria que assinassem, para que eu possa responder a todos. Muito obrigada.