domingo, 14 de novembro de 2010

Faça você mesmo, seja alguém!

Dia feio, mais parece um domingo de inverno, sendo que estamos na primavera, tempo louco este, aliás até o tempo mudou.  Eu aqui em pleno domingo em casa, estudando, já ouviu uma quantidade de música, que valeu pelo dia feio e frio. Final de ano, a faculdade está indo muito bem, estou até gostando. Acho que  estudar ainda é a melhor coisa,para fazer o tempo passar, sem pensar em coisa inutéis. Sabe quando você vê aquele bando de  pessoas que não fazem nada de construtivo na vida. Na minha rua tem um monte assim, ficam  tomando conta da vida alheia, enquanto poderiam fazer algo para seu crescimento, como pessoa e ser humano.
Fico só ouvindo as pessoas reclamarem da vida, como isso cansa, pior quando começam falar em doença,uma chatice. Hoje vejo as pessoas reclamando de tudo, mas tem muita coisa para se fazer em torno de si. Estudar por exemplo, hoje só não estuda quem não quer, tem curso sobrando para todo tipo de profissão. Depois venham falar que o governo está ruim. Mas pergunte para a quem não quer saber de nada na vida, se ele quer  passar o domingo fazendo trabalhos para  apresentar na segunda feira na aula. Fico com pena quando vejo meninas novas, que em vez de estudar vão namorar, hoje elas estão bonitas, mas e amanhã. O tempo passa para todo mundo. Elas serão mais uma dona de casa, que tem viver em função da casa, dos filhos e muitas vezes sozinhas, pois hoje a mulher tem que se preparar para viver só e sustentar seus filhos sem marido. Já se foi o tempo em que a mulher tinha um marido para cuidar dela e dos filhos. Hoje é cada um por si. Pior que essa geração de semianalfabetos serão os futuros eleitores que elegem um analfabeto, como elegerem em São Paulo. Eu duvido que um pessoa esclarecida vai votar numa pessoa que mal sabe ler.Não é preconceito, mas  estamos num mundo globalizado, alguém já  procurou saber como funciona o legislativo e executivo, tem leis que necessitam de um bom conhecimento. Dia desse ouvi uma "pérola" de um rapaz novo que,  não faz nada da vida e mal sabe ler, falando..  "só voto em gente simples como eu...." esperar o que de   pessoas que pensam assim, depois venham criticar seus políticos. Eu penso que podemos evoluir muito, isso só depende da boa vontade da própria pessoa. Eu juro que procuro ter paciência com esse tipo de pessoa, mas olha que cansa, quando ouço os absurdos, fico com vontade de falar um monte de verdades.  Coisa que os "vagabundos" que não gostam de estudar e ir na escola, falam que me deixa louca de vontade de dar uma "porrada" na cara de cada um, sou pobre.. ai como isso me irrita profundamente. Se o cara é pobre ai que ele tinha se esforçar mais, ser gente respeitada. Olha eu acho que nasci no mundo errado ou país, sei lá. Uma coisa eu aprendi, tudo na vida depende só da força de vontade.Um dia só vai ter você, e ninguém mais vai está ao seu lado te ajudando. Faça por si mesmo,lute, seja alguém diferente. A história tai com muitas pessoas que eram pobres e venceram.    

3 comentários:

  1. Ah meu filho tinha que ler este blog, adorei viu.

    ResponderExcluir
  2. Depois de ler esse blog, estou me sentindo um vagabundo, burro e analfabetoainda.Pobre do Lula, tá incluido nessa categoria.........kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Frida ser pobre é ser burro? pobre do Lula que mal sabe ler..... Você deve ser fã e votou no Fernando Henrique....Só pode.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são muito bem vindos. Comentários com conteúdo racista ou preconceituosos não serão aceitos. Gostaria que assinassem, para que eu possa responder a todos. Muito obrigada.